Notícias
O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
Voltar \ Comprar uma casa pré-fabricada: que opções de financiamento existem?

Comprar uma casa pré-fabricada: que opções de financiamento existem?

21 abr 2021
Comprar uma casa pré-fabricada: que opções de financiamento existem?
As opções de crédito existem e os bancos estão cada vez mais atentos a estas soluções, segundo os especialistas do idealista/créditohabitação.

Quando pensamos em comprar ou trocar de casa, uma das soluções em cima da mesa pode ser a compra de um terreno tendo em vista a construção de uma habitação. Um cenário que parece estar a agradar cada vez mais aos portugueses é a construção de casas pré-fabricadas ou modulares. Será que os bancos também estão a mostrar disponibilidade para o financiamento deste tipo de imóveis?

Apesar da compra deste tipo de casas também exigir a obtenção de alvará de construção e posterior licença de habitação, que pressupõe projetos de arquitetura e especialidades, tal como na construção de um imóvel, fatores como a celeridade do processo e o seu custo conduzem a que haja cada vez mais adeptos destas soluções, explicam os especialistas do idealista/créditohabitação.

Em relação à questão colocada em cima, a resposta é sim, ou seja, é possível obter um crédito à habitação para comprar uma casa pré-fabricada.

“Apesar de nem todo o mercado bancário estar recetivo a este tipo de financiamento, existem soluções de crédito especializadas neste tipo de casa, e as entidades bancárias estão cada vez mais atentas a este leque de opções”, comenta Miguel Cabrita, responsável do idealista/créditohabitação em Portugal.

“A escolha do fabricante também é relevante, não só por uma questão de credibilidade ou qualidade, mas também por haver instituições que apenas estão disponíveis para financiar casas pré-fabricadas caso os fabricantes sejam de referência no mercado”, acrescenta.

De referir que, tal como qualquer tipo de crédito à habitação, a percentagem de financiamento estará condicionada à avaliação, mas poderá chegar a 90% do total do investimento, caso se trate de habitação própria permanente.

Procura a ajuda de um intermediário de crédito para conseguires obter a melhor solução de financiamento e, assim, esclareceres todas as dúvidas sobre o processo.

Fonte: idealista.pt/Imagen de giovanni gargiulo en Pixabay

Veja Também